6 atitudes que acabam com seu treino matinal

Evitar estas armadilhas pode fazer a diferença em suas manhãs

Por Susan Paul

1Comer tarde na noite anterior

Jantar muito próximo ao horário de dormir pode fazer com que você acorde com má digestão e diminui sua disposição pela manhã. O ideal é se alimentar com algumas horas de antecedência antes de deitar na cama, além de escolher alimentos magros e de fácil digestão.

2Dormir mal ou por pouco tempo

O sono é o momento em que seu corpo se recupera dos esforços do dia anterior – seja por conta de treinos ou mesmo da rotina de trabalho. Para um bom treino no dia seguinte, o ideal é um sono tranquilo, profundo e com cerca de oito horas.

Leia mais:

+ 4 motivos por que o nutricionista é o melhor amigo do corredor
+ Recuperação pós-corrida: técnicas e cuidados relevantes

3Adiar o despertador

O horário que você definir na noite anterior para começar o seu dia deve ser respeitado – e por isso esqueça aquele botão “soneca”. De 5 em 5 minutos você vai tornar sua manhã cada vez mais corrida, e não no bom sentido.

4Arrumar tudo pela manhã

Roupas esportivas, tênis de corrida, fones de ouvido. Mochila, troca de roupas para o trabalho, relógio. Ah! Barras de cereal e garrafa de água. São tantas coisas para pensar que é melhor não deixar para de manhã, quando você ainda está sonolento. Arrume tudo antes de dormir para economizar tempo e garantir que nada importante será esquecido.

5Pular o café da manhã

Baixa glicose no sangue é a maneira ideal de acabar com seu treino matinal. Depois de dormir, os níveis de açúcar estão mais baixos que em qualquer momento do dia. Nem que seja uma fruta ou uma barra de cereal, é preciso se alimentar antes de sair para a corrida.

6Começar com tudo

O seu corpo começa o dia em repouso, e pular direto para um treino intenso pode resultar em lesão ou mesmo um cansaço inesperado. Comece com um aquecimento ou um trote por dez minutos, antes de aumentar o ritmo.

COMPARTILHAR