63% dos brasileiros sofrem com dores musculares

Má postura e excesso de exercício físico estão entre as principais causas das dores

Uma pesquisa realizada neste ano com cerca de dois mil brasileiros procurou revelar quais as dores mais comuns na rotina das pessoas, e como elas veem e lidam com este problema. Foi constatado que 63% da população sofre com dores musculares pelo uma vez a cada três meses, sendo que mais da metade desse grupo tem dor nos músculos semanalmente.

Leia mais:

+ Canadense de 79 anos celebra centésima maratona
+ Cientistas descobrem bactéria que pode diminuir a fatiga

Entre os participantes do estudo, uma parcela de 58% relatou como causa desse problema a má postura, enquanto 56% indicam o excesso de atividade física um dos principais fatores. Gripes e resfriados foram citados em 48% dos casos e o excesso de trabalho e estudo causa dores para 42% das pessoas.

Irimar de Paula Posso, presidente da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor, coloca a prática de atividade física – sem excesso e com acompanhamento profissional – como uma proteção contra as dores no corpo. “Praticar exercício regularmente é importante para se proteger das dores nas costas e musculares”, diz o especialista. “É uma ótima maneira de ter mais qualidade de vida”.

Ao analisar os resultados por faixa etária, fica evidente que os mais jovens costumam sofrer com dores principalmente por conta de gripes e resfriados, enquanto com o avançar da idade associa-se a falta de exercício físico regular à dor muscular. Segundo Posso, praticar movimentos sem a devida preparação, mesmo em atividades rotineiras como subir escadas ou varrer a casa, pode causar dores no corpo.

A pesquisa A Dor no Cotidiano é uma realização da Advil em parceria com o Ibope Conecta e já está em sua terceira edição anual.

COMPARTILHAR