Quilômetros de alegria

Quando você pensa em sair para correr, a ideia te deixa alegre ou desanimado? Mesmo que sua resposta esteja em algum lugar entre esses dois extremos, quanto mais positivo você pensar, melhor: sentir alegria ao correr nos ajuda a ter mais motivação para o próximo treino. Até o corredor mais relutante pode começar a apreciar o esporte com as quatro pequenas estratégias que apresentamos a seguir:

EQUIPE-SE DIREITO Se você sentir calor ou frio ou estiver com bolhas nos pés, por exemplo, nem adianta tentar que dificilmente se empolgará para correr de novo. Invista em camisetas, shorts e meias que protejam do suor. Use também luvas e um bom colete corta-vento caso saia para correr em dias mais frios. Se seu tênis está te incomodando, vá até uma loja de corrida e troque de modelo.

MANTENHA O CONTROLE Exagerar demais no esforço durante a corrida pode causar fadiga, retardar a recuperação muscular e provocar lesões, além de ser desagradável. Para evitar esses problemas, tire uns momentos para caminhar no início do treino e inclua regularmente em sua rotina intervalos de corridas de 15 a 60 segundos, seguidos de caminhadas de 15 a 30 segundos. Aos poucos você se sentirá mais confiante para correr sem parar.

DIVERSIFIQUE Varie os percursos, o tipo de terreno e as companhias (ou a ausência delas). Escute música ou (pasme!) não ouça nada. Talvez você goste da paz e do silêncio. Observe quais variáveis contribuem para melhorar seu treino e programe-se de acordo com elas.

PENSE DIFERENTE Quando você tem pensamentos como eu “preciso” correr mais tarde, a corrida se torna apenas mais uma tarefa em seu dia. Correr é um privilégio. Nem todos podem correr e, talvez, um dia você também não possa. Se esse dia não for hoje, comemore! Pense que você pode correr, e não que tem que correr, para não se esquecer da dádiva que recebeu.