Pode vir quente!

Adicione sabor e emoção aos seus pratos com nove tipos de pimenta

Foto: shutterstock.

Que tal dar um toque apimentado às suas receitas? A capsaicina, elemento químico que confere o ardor às pimentas-chili, também dá uma mãozinha à boa forma: ela promove um leve aumento no nosso metabolismo (ou seja, queimamos mais calorias) e, segundo alguns estudos, ajuda a prolongar a sensação de saciedade. A seguir, Nate Appleman, gerente culinário da rede norte-americana de comida mexicana Chipotle, indica como usar algumas de suas pimentas favoritas. Para facilitar a sua escolha, listamos ao lado de cada uma o nível de ardor da pimenta, medido em SHU (unidades Scoville).

Leia mais:

Confira 3 receitas repletas de carboidratos para a véspera do próximo longão
O frango assado é uma ótima base para várias refeições rápidas e repletas de nutrientes amigos dos corredores

ANAHEIM

500 – 2.500 SHU

“Amo a textura. Ponho fatias em cima de pizza feita em casa”, diz Nate.

POBLANO

1.000 – 2.000 SHU

“Coloque duas na grelha, fatie e acrescente alho, sal e suco de limão. É ótima para usar em tacos.”

JALAPEÑO

2.500 – 8.000 SHU

“Cozinhe no carvão. Remova a pele e faça um purê com mel, sal e vinagre. Ótimo com peixes.”

CHIPOTLE

5.000 – 10.000 SHU

“Acrescento algumas ao picadinho de carne para dar um sabor defumado.”

SERRANO

10.000 – 23.000 SHU

“Serranos são minha primeira opção para fazer guacamole.”

DE ARBOL

15.000 – 30.000 SHU

“Estas são perfeitas no molho mexicano salsa. Ferva, depois misture com tomates mexicanos e sal. Fica mágico.”

FLOCOS DE PIMENTA CHILI- VERMELHA

30.000 – 35.000 SHU

“Alho, azeite e flocos de chili ficam ótimos no macarrão. Adicione o que mais você quiser, como anchovas.”

THAI BIRD

50.000 – 100.000 SHU

“Eu trituro estas com vinagre de arroz e ponho no arroz frito.”

HABANERO

150.000 – 325.000 SHU

“Fatie habaneros e cubra com suco fresco de laranja, lima e limão. Use em ceviches para destacar o sabor.