Após 15 anos, americano vence Maratona de Chicago

Entre as mulheres, etíope Tirunesh Dibaba terminou bem à frente das concorrentes

Reprodução \ Youtube

Para alegria da torcida local, o norte-americano Galen Rupp foi o campeão entre os homens na Maratona de Chicago. Com isso, o corredor de 31 anos quebrou um tabu que vinha desde 2002 – desde então, nenhum maratonista dos EUA chegava ao lugar mais alto do pódio nesta prova. Entre as mulheres, a etíope Tirunesh Dibaba levou o primeiro lugar com quase dois minutos de folga para a segunda colocada.

Leia mais:

+ Travis Barker, o baterista que trocou os vícios pela corrida
+ Corrida na pele: as histórias de quatro tatuagens de corredores

Rupp terminou a prova em 2h09min20s, após reviravolta nos últimos 5km de corrida. Os quenianos Abel Kirui (campeão em Chicago no ano passado) e Bernard Kipyego ficaram na segunda e terceira colocação, respectivamente.

Na categoria feminina, a prova foi menos acirrada, com Dibaba dominando do começo ao fim do percurso e terminando os 42km em 2h18min31s. A segunda colocada foi a queniana Brigid Kosgei e, completando o pódio, a norte-americana Jordan Hasay.