Corro 5 km três vezes por semana. Em que dias devo me alongar?

Pergunte ao expert: especialistas em treinamento e saúde esclarecem algumas questões de nossos leitores

Corro 5 km três vezes por semana. Devo me alongar nesses dias ou em dias intercalados?

Os exercícios de alongamento não aquecem a musculatura, apenas alongam as fibras. Não recomendo realizar exercícios de alongamento sem ter feito um aquecimento prévio, pois o músculo não estará devidamente lubrificado e aquecido para que possa ser alongado. Quanto mais sessões de alongamento, melhor será para você que está iniciando na corrida. O alongamento estático, eu recomendo no pós-treino (mas de leve, com cuidado para não lesionar a musculatura) ou então como um trabalho paralelo, nos dias intercalados aos da corrida.

> Alexandre Fogaça Cristante, ortopedista, cirurgião de coluna e membro titular da Sociedade Brasileira de Coluna

Leia mais:

Sinto um pequeno incômodo na coluna quando corro. Pilates pode ajudar?
A corrida pode ajudar minha ansiedade?

Eu já caminho todos os dias há um mês. Como progredir para a corrida?

O ideal é acompanhar sua frequência cardíaca e, ao perceber que ela não se eleva mais com a caminhada, começar a introduzir trechos de corrida leve no treino. Só para você ter uma ideia, a sua frequência cardíaca deveria ficar a 65% da sua máxima (a FCM) na caminhada. Para saber sua FCM, subtraia sua idade de 220 (se você tem 30 anos, ela é 190). Se ao caminhar ela não chegar a esses 65%, comece a fazer um minuto de trote e um de caminhada, depois dois e dois e assim por diante.

> Mario Sergio Andrade, treinador pela Faculdade de Itapetininga e treinador e fundador da assessoria esportiva Run & Fun

Fui diagnosticado com síndrome da banda iliotibial. Vou precisar parar de correr?

Você não vai precisar parar de correr. O que acontece é que essa dor na lateral do joelho é causada por uma inflamação ou tensão na área que estabiliza a articulação do joelho e do quadril, a banda iliotibial. Então provavelmente você deverá passar por seções de fisioterapia para corrigir eventuais erros de técnica e/ou desequilíbrios musculares. Procure um ortopedista ou um médico do esporte para um diagnóstico preciso e um tratamento correto.

> Alexandre Sadao, ortopedista especialista em coluna vertebral do Instituto Vita, em São Paulo

 

SHARE