Jornal denuncia esquema de doping ligado a Justin Gatlin

Técnico e agente do corredor oferecem esquema de uso de substâncias ilícitas, e atleta nega envolvimento

Foto: Wikimedia Commons

Atual campeão mundial dos 100m, o norte-americano Justin Gatlin tem seu nome novamente envolvido em uma polêmica relacionada ao uso de substâncias ilícitas. Uma reportagem investigativa do jornal britânico The Telegraph revelou que o treinador de Gatlin, Dennis Mitchel, e o agente Robert Wagner contrabandeiam e oferecem substâncias ilícitas que aumentam o desempenho a um alto custo para atletas.

Leia mais:

+ 6 receitas de smoothies nutritivos e refrescantes
+ Pensamentos negativos que você precisa reformular

Segundo a publicação, Wagner também afirmou que Gatlin é um dos usuários da substância. O atleta, porém, negou, por meio de um post no Instagram, qualquer envolvimento com o esquema. Além disso, foi anunciado o fim da parceria com Mitchel e que Wagner teria trabalhado poucas vezes com o corredor norte-americano.

Gatlin cumpriu cinco anos de suspensão do atletismo entre 2006 e 2011 por reincidência ao ser pego em exame de doping, depois de ser campeão olímpico e mundial em 2004 e 2005, respectivamente. Novamente no topo depois de bater Usain Bolt na final do Mundial de Londres, neste ano, Gatlin poderia ter sua carreira no esporte acabada caso se confirme um novo envolvimento com substâncias ilegais.

COMPARTILHAR