O que mudou na maratona desde 1980

Ainda são os mesmos 42 km – de resto, quase tudo mudou

Wikimedia Commons
Wikimedia Commons

A prova mais tradicional da corrida de rua no mundo cresceu muito nas últimas quatro décadas. A maratona ganhou adeptos, passou a contar com organização mais profissional e começou a usar a tecnologia a seu favor. Tirando a distância de 42 km – tradição de muitos séculos –, quase tudo mudou. Veja alguns exemplos abaixo:

(Fontes: Running USA, Amby Burfoot, Jenny Hadfield, Tish Hamilton, Greg Mcmilan e Bart Yasso)

1Número de maratonistas*

1980: 143 mil

Agora: 550 mil

*dados dos EUA

2Tempo

1980: marcado pelo revólver

Agora: marcado por chips com GPS

3Treino

1980: Planilhas de treino e informações estavam disponíveis apenas em revistas e livros

Agora: Há aplicativos de treinamento e sites especializados

4Nutrição

Reprodução / Twitter

1980: Apenas água e ERG, a mais popular bebida isotônica para atletas na época

Agora: Vários produtos diferentes para antes, durante e depois da corrida

5Brindes

Wikimedia Commons

1980: Camiseta da prova em algodão

Agora: Kit com camiseta em tecido especial para esportes e vários outros mimos para os corredores

6Prêmios

1980: Troféus para os vencedores

Agora: Medalhas para todos que concluem a prova

7Fotos

1980: Algumas dezenas de fotos oficiais e da torcida

Agora: Álbuns digitais com centenas de fotos oficiais e selfies durante a prova

8Largada

Wikimedia Commons

1980: Corredores se organizavam em pelotões de acordo com a própria velocidade

Agora: Organização da prova separa os atletas de acordo com seus tempos (verificados)

COMPARTILHAR