Recordista de maratonas em países diferentes venceu 3 cânceres

Com provas completas em 133 nações, Brent Weigner ultrapassou (de longe) o prognóstico de apenas seis meses de vida

Cortesia de Brent Weigner para a RW
Cortesia de Brent Weigner para a RW

Por McGee Nall

O norte-americano Brent Weigner é do tipo de pessoa que gosta de contrariar todas as expectativas. Aos 22 anos, os médicos lhe disseram que tinha apenas mais seis meses de vida e hoje, aos 67, ele é o recordista mundial em maratonas completas em países diferentes. O próximo objetivo: chegar às 160 nações – apenas para contrariar um amigo que lhe disse que não havia tantos países com maratonas oficiais.

O professor de geografia, que completou sua primeira maratona aos 18 anos, pode se orgulhar de ter corrido em todos os continentes (da Antarctica ao Monte Everest). Para chegar ao recorde mundial de 133 países, ele teve que inclusive inaugurar a prova em algumas nações – como é o caso das Ilhas Turcas e Caicos, um território vinculado ao Reino Unido na América Central. “Se um país não tem uma maratona, eu posso criar uma”, diz Weigner.

Leia mais:

+ 7 ultramaratonas em 7 continentes para construir 7 escolas
+ Por que a corrida vicia?

O corredor já superou três cânceres durante a sua vida. No primeiro, os médicos lhe disseram que teria apenas um semestre para viver. Quando batalhava contra o segundo, decidiu pedir sua atual esposa, Sue, em casamento – na época, ele estava com a face paralisada por conta da retirada do tumor na mandíbula. “Era a pior proposta do mundo: eu, cuspindo as palavras do canto da minha boca, perguntei se ela gostaria de casar comigo, um cara que provavelmente não chegaria aos 40 anos de idade”, conta Weigner.

Preocupada com a saúde do corredor que se aproxima dos 70, Sue fez ele prometer que correria “apenas” 12 maratonas durante este ano. A última – que marcou a quebra do recorde – foi em Madagascar. A próxima será na Bielorrússia. “Eu corro pelo mesmo motivo que os pássaros voam e que os peixes nadam. É o que eu faço”, diz Weigner.

COMPARTILHAR