Vice-campeã da São Silvestre morre após cirurgia no joelho

Redação Runner's World

vice-campeã da São Silvestre 2
Adriana postou essa foto na sexta-feira (7), quando contou sobre a sua cirurgia. Foto: Reprodução/Instagram

Na tarde de domingo (9), a vice-campeã da São Silvestre Adriana de Souza morreu após complicações em um cirurgia no joelho. A corredora, de 45 anos, foi vítima de embolia pulmonar e sofreu um infarto, que interrompeu a sua vida.

A atleta passou pela cirurgia em Cascavel, no Paraná, na sexta-feira (7). Em sua página no Instagram, ela falou sobre sua entrada no hospital. “Bom dia, hoje estarei passando por uma cirurgia no joelho. Deus está no comando, vai dar tudo certo.”

Adriana ainda chegou a compartilhar imagens de sua recuperação nas redes sociais.

 

View this post on Instagram

 

Ainda no hospital 😂😂😂

A post shared by Adriana de Souza (@drikaatleta) on

Ainda no domingo, a Confederação Brasileira de Atletismo se pronunciou sobre a perda em um comunicado.

“Um dos grandes nomes do pedestrianismo brasileiro fez sua última viagem. Trata-se de Adriana de Souza, uma das principais fundistas do País nas décadas de 1990 e 2000”, diz o comunicado.

Na nota, a CBA informa que Adriana passou por cirurgia na sexta, recebeu alta no sábado, mas passou mal em casa, o que fez com que retornasse para o hospital.

“Adriana obteve resultados marcantes na carreira. Em nossa principal corrida, a São Silvestre, ela subiu ao pódio três anos seguidos: 2000, 2001 e 2002. Nesta última edição, ela foi a vice-campeã”, lembra a confederação.

vice-campeã da São Silvestre
Adriana no pódio da São Silvestre. Foto: Reprodução/Instagram