Brasileiro vence três provas na Run Disney 2020

Por Redação Runner's World Brasil

Run Disney 2020
Foto: Reprodução Instagram/@atletadaniel

A Disney (Orlando, Estados Unidos), é um destino muito desejado pelos brasileiros. E o mês de janeiro tem um atrativo especial para os corredores: anualmente, acontece a Walt Disney World Marathon Weekend, um fim de semana com quatro provas (5K, 10K, 21K e 42K). Nesta edição (que foi de 09/01 até 12/01), um brasileiro fez bonito na Run Disney 2020. Daniel Carneiro, de 35 anos, não só completou todas as distâncias — 5 quilômetros na quinta-feira; 10 na sexta; 21 no sábado, dia do seu aniversário; e 42 no domingo –, como venceu as três primeiras. E ficou em quarto lugar geral na Maratona da Disney. 

Leia mais

+ Fredison Costa e Giovanna Martins vencem a Maratona da Disney 2019
+ Rhonex Kipruto quebra recorde mundial nos 10K

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Daniel Carneiro (@atletadaniel) on

O nome dado para o objetivo de realizar todos os percursos é Desafio do Dunga. Quem o conquista leva para casa não somente as 4 medalhas de cada prova, mas também a Medalha Goofy’s Race Half Challenge e a Medalha do Dopey Challenge – totalizando 6.

Cearense é primeiro lugar em três provas da Run Disney 2020

Daniel é do Ceará e pratica o esporte há 24 anos. Segundo ele, a Run Disney 2020 foi sua primeira experiência internacional. “Eu não consigo nem descrever tamanha felicidade que estou sentindo, meu coração transborda de felicidade e de gratidão a Deus por tudo isso que estou vivendo”, publicou em suas redes sociais.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Daniel Carneiro (@atletadaniel) on

Em uma entrevista exclusiva à RW Brasil, ele confirmou a dificuldade que foi enfrentar os 42K. “De todas as provas, a mais difícil foi, sem dúvidas, os 42K. Pois já é uma prova bem desgastante por natureza. E fica ainda mais quando você vem de uma sequência de outras distâncias.”

Ele afirmou que tentou se manter entre os 3 primeiros colocados, mas não conseguiu ultrapassar os outros atletas, que estavam descansados. “Foi uma experiência incrível e um sonho realizado, em 2021 quero fazer a mesma coisa e, se Deus permitir, voltar com um grande resultado para o Brasil.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here