Café da manhã melhora o desempenho, diz pesquisa

por Redação Runner's World

café da manhã

Não é à toa que o café da manhã é chamado de “a refeição mais importante do dia”. O estudo publicado no American Journal of Physiology: Endocrinology and Metabolism confirma exatamente isso.

Leia Mais
+ O que comer no café da manhã para treinar melhor?
+ Excesso de café pode causar dor de cabeça?
+ Beber 25 xícaras de café por dia é realmente seguro?

Os pesquisadores estudaram como comer antes de um treino afeta seu desempenho.

Para isso, eles dividiram os participantes em três grupos. Um comeu um café da manhã com mingau e pedalou por 60 minutos duas horas depois.

Outro teve o mesmo café da manhã, mas descansou por três horas em vez de malhar. E o outro se exercitou sem tomar o café da manhã.

Ao testar os níveis de glicose no sangue dos participantes, eles descobriram que o café da manhã aumentou a zona em que o corpo queima carboidratos durante o exercício.

Assim como também aumentou a taxa de digestão e do metabolismo dos alimentos após o exercício.

E é essa queima de carboidratos que pode dar um grande impulso ao desempenho de resistência, de acordo com Javier Gonzalez, Ph.D., co-autor do estudo.

Isso porque “o carboidrato é um combustível relativamente rápido, já que a energia pode ser gerada duas vezes mais rápido do que quando a gordura é usada como combustível”, disse ele à Runner’s World dos Estados Unidos.

É por isso que quando “batem no muro”, corredores precisam desacelerar o ritmo de corrida até um nível em que a gordura possa fornecer a energia.

Ou seja, quando a reserva de glicogênio fica baixa e o corpo fica sem energia suficiente para continuar o esforço físico, é preciso dar um tempo para o corpo tirar energia de outro lugar.

Então, se você não toma café da manhã antes do exercício, seu corpo queima gordura como combustível em vez de carboidratos.

E quando isso acontece, é preciso o dobro da energia. O que deixa você muito mais lento, de acordo com Gonzalez.

Ele diz que o ideal é uma refeição com carboidratos e um pouco de proteína, cerca de uma a quatro horas antes da corrida.

Para quem não gosta de mingau, pode ser algo com aveia, iogurte ou banana. “Só maneire na gordura e nas fibras, porque a gordura demora muito para ser digerida e a fibra pode atrapalhar seu sistema digestivo”, explica ele.

E mesmo quem não pratica exercícios deve investir em um bom café da manhã.

De acordo com Gonzalez, “há algumas evidências de que o consumo de café da manhã pode melhorar a concentração”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here