10 dicas para voltar a correr depois de um tempo parado

Por Hal Higdon, da Runner's World US

como voltar a correr
Foto: Shutterstock

Nem todo mundo corre no mesmo nível, ano após ano. Às vezes nos machucamos. Às vezes ficamos entediados. Às vezes, paramos de correr (ou corremos menos) e quando voltamos nos deparamos com algumas dificuldades. Mas tenha paciência, porque é possível. Saiba como voltar a correr depois de um tempo parado e conquistar a sua boa forma novamente com essas 10 dias que extraídas e adaptadas do livro Run Fast: How to Beat Your Best Time – Every Time, por Hal Higdon (“Corra rápido: como bater o seu melhor tempo – toda vez”, em tradução livre).

Como voltar a correr

Tenha um objetivo em mente

Um objetivo pode ser tão simples quanto sair para fazer sua primeira corrida. Pergunte a si mesmo porque você quer correr novamente. Ficar em forma? Para melhorar seus tempos anteriores? Para competir em uma corrida particular? Planeje seu treinamento bem à frente para atingir esse objetivo.

Calendário de provas: saiba como se planejar para evitar lesões

Leve em consideração o tempo em que ficou parado

Dependendo do seu tempo longe de treinamento, será mais fácil ou difícil voltar. Espere investir pelo menos dois dias para cada dia perdido.

Esqueça o passado

Exercícios feitos anos atrás não têm relevância para o que você pode fazer hoje – e pode ser a causa de uma lesão. Depois de recuperar sua aptidão básica, pergunte a si mesmo se deseja retomar os antigos padrões de treinamento, incluindo o trabalho em alta velocidade.

Como definir – e atingir – metas para perder peso

Decida se você pode fazer melhor desta vez

Na sua vida anterior como corredor, você cometeu erros que podem ser evitados dessa vez? Reavalie toda a sua abordagem ao treinamento. Não fique preso em velhos hábitos que talvez não tenham produzido os melhores resultados.

Considere sua idade

Corredores em seus 20 anos podem voltar para a pista como se nunca tivessem tirado uma folga. Torna-se progressivamente mais difícil recuperar a velocidade perdida uma vez em seus 30, 40, 50 e além. Mas não é impossível.

Aproxime-se da velocidade com cautela

Alguns trabalhos de velocidade podem parecer necessários para recuperar o desempenho. Mas até você reconstruir sua base aeróbica, a corrida intensa pode causar fadiga excessiva e desencorajá-lo. Seus tendões e ligamentos podem não suportar o novo poder desenvolvido por seus pulmões e músculos.

Lembre-se que força retorna mais devagar

Assim como a força demora mais para desaparecer quando você deixa de correr, ela também leva mais tempo para voltar. Você vai achar mais difícil recuperar o condicionamento, mesmo quando já estiver razoavelmente em forma.

Não corra cedo demais

A competição pode ser uma boa maneira de medir seu retorno, mas você corre o risco de se machucar. Entre nas primeiras corridas com um clima descontraído e não se preocupe com os tempos rápidos.

Tenha cuidado

Se já se lesionou anteriormente, você deve ser particularmente cauteloso. Uma pergunta importante a ser feita é: “Eu determinei a causa da lesão?” O descanso às vezes não é suficiente. Você pode se machucar novamente se treinar no seu nível anterior.

Pratique ioga para correr mais rápido e evitar lesões

Tenha confiança

Às vezes, pode parecer que o caminho de volta é muito longo para se percorrer. Mas você pode voltar para as corridas de rua e dar o seu melhor. Tudo o que é preciso é disciplina e paciência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here