Correr diminui risco de morte prematura em até 27%

Por Jordan Smith, da Runner’s World US

Correr diminui riscos de morte prematura, aponta estudo
Foto: Shutterstock

Você já sabe que correr é bom para a saúde — a prática pode melhorar o humor e reduzir as chances de doenças cardíacas e derrame. Agora, uma nova pesquisa publicada no British Journal of Sports Medicine confirma que correr diminui risco de morte prematura

No estudo, os pesquisadores selecionaram mais de 230 mil participantes. Suas saúdes foram monitoradas de 5,5 até 35 anos. 

Os benefícios da corrida leve para os treinos pesados

Correr diminui risco de morte prematura: resultados

Os cientistas descobriram que praticamente qualquer quantidade de corrida — uma média de menos de 50 minutos por semana — faz o risco de morte prematura diminuir em até 27%. Além disso, as chances de um corredor desenvolver doenças cardiovasculares são 30% menores do que no caso dos sedentários. Sem contar os riscos de diferentes tipos de câncer, que caem em 23%. 

Praticar o esporte apenas uma vez por semana por menos de 50 minutos — ou a menos de 10 km/h — oferece os mesmos benefícios de quem pratica mais vezes. Quem afirmou isso foi Željko Pedišić, professor associado do Institute‌ ‌for‌ ‌Health‌ ‌and‌ ‌Sport na Victoria‌ ‌University em ‌Melbourne, Austrália. 

Benefícios do chocolate amargo na corrida

Correr diminui risco de morte prematura: conclusões

Isso não quer dizer que se você já corre mais do que isso deve reduzir o volume. Pedišić explica: o estudo apenas não encontrou evidências de que os benefícios aumentam com maiores quantidades de corrida. 

“Parece bastante encorajador para aqueles que não têm muito tempo para treinar. Mas, de forma alguma, o estudo pretende desencorajar aqueles que correm mais”, disse Pedišić à Runner’s World US.

Embora o estudo tenha encontrado uma relação entre a corrida e seus benefícios para o corpo — e não uma causa direta e objetiva — existem inúmeras razões pelas quais você deve investir no esporte. “Incluindo menores riscos de pressão alta, colesterol, obesidade, doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e câncer”, disse Pedišić.

Treinar o diafragma pode te ajudar a correr melhor

Correr, portanto, melhora sim a função cardíaca, a resistência aeróbica, o equilíbrio e aumenta o metabolismo. 

O que isso quer dizer?

Para aqueles que querem começar a correr, Pedišić sugere que você inicie com ritmos lentos e agradáveis. E, com o tempo, pode ir aumentando a velocidade e duração de sua corrida. 

Mas e se você já mantém uma boa quilometragem semanal? Continue assim para colher os benefícios da corrida.

Treino em dupla: benefícios e dicas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here