Por que é empoderador correr sem camisa

Por Kimberly Nuzingah Bradley, para Runner's World US

correr sem camisa - kimberly-nuzingah-bradley
Foto: Diwang Valdez/Runner's World US

Conforto é uma batalha diária para corredores plus size. Colocamos camadas de roupa para esconder nossos corpos e colocamos cintas para minimizar as imperfeições. Ficamos preocupadas que nossos corpos não tão ideais possam ofender qualquer espectador. Mas tudo o que estamos fazendo é uma fábrica de suor.

Nossos “cobertores de segurança” parecem funcionar, mas eu finalmente aprendi que aquelas roupas extras estavam apenas me afastando do meu verdadeiro eu atlético. Um dia, em uma corrida de 13 km, o sol era brutal e o suor escorrendo era insuportável. Estava tão sufocante que tirar a camisa seria algo justificado. Eu estava sozinho em uma das minhas trilhas favoritas em Atlanta e fiz algo que nunca havia considerado antes: tirei minha camiseta encharcada de suor e a coloquei ao lado das calças de ioga.

Pratique ioga para correr mais rápido e evitar lesões 

correr sem camisa - kimberly-nuzingah-bradley 2
Foto: Diwang Valdez/Runner’s World US

Correr sem camisa e a sensação de liberdade

Não foi um momento mágico. Eu continuei preocupada com a maneira como minhas costas ficavam naquele top. Mas tirar essa camada de roupa me fez correr mais rápido, e melhor. Além das preocupações, havia uma sensação de alívio, uma nova sensação de liberdade. O irônico é que, quando passei por outros corredores, não senti qualquer olhar de julgamento. A única reação dos meus colegas corredores foi um casual “Você consegue” ou um sinal de positivo com o polegar. Eu queria ter feito isso antes!

Eu sabia que milhares de mulheres que tem o corpo parecido com o meu gostariam de viver a mesma experiência. Eu queria inspirá-las a se permitirem essa liberdade, então eu postei minhas fotos de top. O carinho que recebi foi incrível. Para nós “mulheres grandes”, esse suporte é grandioso – vai contra as regras de postagem sobre mulheres gordas. A frase mais comum que escute foi “Eu gostaria de ser tão confiante”. Para algumas razões, nós que somos plus size acreditamos que nos escondendo embaixo de roupas parecemos menores, quando acontece, na verdade, o contrário.

E o pior, restringir o seu corpo com roupas limita você. Minha camiseta de algodão de manga curta simbolizava mentalmente quem eu estava sendo como atleta. Eu estava presa e incapaz de correr com todo o meu potencial, porque estava muito preocupado sobre como as pessoas veriam meu corpo. Não mais. É hora de tirar as canadas que nos cobrem e aceitar o corpo que temos.

Aceitar-se mais para correr melhor

Correr gorda é desconfortável, ser gorda tem sido desconfortável, e me perguntar o que todo mundo pode pensar de mim era desconfortável. Vamos aposentar o desconforto, acabar com isso e seguir em frente! Nós todos praticamente somos pós-graduados em nos sentir desconfortáveis, e verdade seja dita: É nesses estados desconfortáveis que nos elevamos, se – e isso é um grande SE – decidimos não ficar lá. Imagine se dar a capacidade de se mover melhor, se sentir melhor e ser um melhor corredor. Desfazer-nos de nossa roupa vai além do fortalecimento – é uma necessidade de autoaceitação.

Arrisque a maneira como as pessoas vão te enxergar para aceitar seu corpo e se sentir confortável. Seu corpo está mudando para melhor; dê-lhe o conforto e o espaço que merece. Nem todos os atletas nascem com corpos atléticos, mas muitos de nós temos um atleta no fundo que espera para ser despertado. Descubra esse atleta, começando com sua camiseta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here