Corrida leve aumenta as chances de fratura por estresse, diz estudo

Rick Pearson, da Runner's World UK

Corrida leve aumenta chances de fratura por estresse
Foto: Shutterstock

A corrida de alta intensidade muitas vezes leva a culpa por fraturas por estresse. Quantas vezes você foi avisado para não ir “rápido demais, cedo demais ou com muita frequência”? Mas um novo estudo, publicado no Journal of Medicine & Science em Sports & Exercise, descobriu que, na verdade, a corrida leve aumenta risco de lesão. É ela que coloca uma carga maior nas suas canelas.

Tudo o que você precisa saber sobre fratura por estresse

Corrida leve aumenta risco de lesão

Na pesquisa, 43 corredores amadores (29 mulheres e 14 homens), com idades entre 18 e 49 anos, correram em uma pista indoor em velocidades rápida, moderada e lenta (três voltas em cada ritmo). Os pesquisadores estavam interessados ​​em encontrar a carga que se acumulava na tíbia (osso da canela) dos corredores em cada uma das velocidades.

Trabalhe seu core, posterior de coxa e glúteos ao mesmo tempo

Eles descobriram que a corrida leve resultou em maior tensão. Isso porque com ela, os corredores davam passos mais curtos, de modo que seus pés passavam mais tempo no chão do que quando corriam mais rápido.

7 coisas que você precisa saber antes de sair para treinar no frio

Os pesquisadores concluíram que a corrida rápida não contribui tanto para a carga tibial acumulada quanto a corrida leve. Por isso, não tenha medo de incorporar intervalos no seu treinamento ao invés de diminuir o ritmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here