Desafio Unogwaja 2018: Ricardo e seus 1740 km

Conheça a história incrível do atleta que pedalou e correu milhares de km na África

Créditos: Phumzile Malotane

Ricardo Almeida foi um dos brasileiros que completou o Desafio Unogwaja 2018

Foram cerca de 1650 km de bicicleta somados a quase 90 km da ultramaratona Comrades 2018, na África do Sul. Isso foi o que Ricardo Almeida fez do dia 31 de maio a 10 de junho de 2018.

Tudo porque queria participar do “Unogwaja Challenge”, um desafio criado em 2011 para homenagear o corredor sul-africano Phil Masterton-Smith, vencedor da Comrades 1931.

Sem dinheiro para pagar a passagem até a largada para participar da ultramaratona em 1933, Smith pedalou de Cape Town até Pietermaritzburg. Em seguida, correu a Comrades.

O projeto, além de ser uma grande aventura e uma oportunidade de superação para os atletas, tem um teor filantrópico. Parte do seu processo inclui a arrecadação de dinheiro para instituições de caridade do país.

Créditos: Phumzile Malotane

E foi por isso que Ricardo entrou nessa. Ele começou a correr por causa de saúde – teve seis tumores no fígado e pesava mais de 100 kg. Logo, se apaixonou pelo esporte e foi parar nas ultramaratonas.

Participar do Desafio Unogwaja simbolizou reunir o que ele ama e acredita para ajudar o próximo. Ele sozinho conseguiu juntar cerca de R$ 62 mil para as instituições.

Quer saber mais sobre a sua história? Logo ele vai estar na versão impressa da Runner’s World Brasil. Ele vai contar tudo sobre o desafio e sobre sua história inspiradora com a corrida.

Ultramaratonas diferentes

+ 7 ultramaratonas em 7 continentes para construir 7 escolas 
+ Atletas correm 600km enquanto assistem a Game of Thrones  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here