Fraude na Maratona de Boston 2019: participante teria cortado caminho em prova

Redação Runner's World Brasil

fraude na maratona de boston ---
Foto: Reprodução Instagram/Bosthon Marathon

Aparentemente houve mais um caso de trapaça na corrida. Dessa vez, um site indica que houve fraude na Maratona de Boston 2019, que aconteceu em 15 de abril.

“Alexandre Faria terminou a prova com um tempo de 3:01:55, mas não oficialmente. Ele não recebeu um resultado oficial. Teoricamente, ele foi desclassificado”, é o que diz o site Marathon Investigation.

De acordo com a publicação, Alexandre se classificou para a Boston com o tempo de  3:14:06 na Maratona de Chicago de 2017.

Trapaça na corrida: por que amadores jogam sujo quando há tão pouco em jogo?

Fraude na Maratona de Boston 2019

Segundo a publicação, há 12 tapetes de marcação de quilometragem ao longo do percurso. Alexandre só passou por dois deles. Ele passou a linha dos 5 km com o tempo de 34min06seg, com pace de 6min50/km.

Na marcação da mile 25.2 (40,5 km), ele marcou 2h50min29seg. E terminou a prova em 3h01min55seg, pace de 4min20/km.

Assim, a especulação é que Alexandre tenha usado outro meio para chegar ao final da prova.

Conheça o trajeto da Maratona de Boston 

O site reuniu imagens do corredor e buscou os números de Alexandre na Maratona de Chicago de 2017.

Fraude na Maratona de Boston 2019 tabela
Foto: Reprodução Marathon Investigation

Alexandre não teve nenhuma passagem registrado ao longo da prova, até o km 40. E suas fotos mostram ele apenas ao final da prova.

fraude na maratona de boston 2019 ---
Foto: Reprodução Marathon Investigation

“Se ele tivesse terminado Boston legitimamente, seu tempo teria sido excedido 5 horas”, sugere o autor do artigo, que agora quer contatar os organizador da prova.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here