Como a hot yoga pode ajudar o seu coração

Por Elizabeth Millard, da Runner's World US

hot yoga
Foto: Shutterstock

Você está transpirando mais do que o normal e manter a posição parece mais difícil do que você se lembra. É quando você começa a se perguntar: hot yoga realmente é melhor do que a yoga tradicional?

De acordo com uma pesquisa publicada na American Heart Association, a hot yoga certamente apresenta uma grande vantagem para os vasos sanguíneos.

A prática de yoga em ambientes climatizados foi associada a melhores efeitos da pressão arterial em pesquisas anteriores. Mas este é um dos poucos estudos que aborda especificamente o hot yoga.

9 posturas de yoga para liberar a tensão pós-corrida 

Hot yoga e os benefícios para o coração

Um grupo de pesquisadores recrutou 10 homens e mulheres, com idades entre 20 e 65 anos, todos com pressão arterial elevada ou hipertensão em estágio 1. Os participantes não estavam tomando nenhum remédio para pressão arterial. Eles também não praticavam atividade física regular por pelo menos seis meses antes do período do estudo.

Cinco participantes foram designados para fazer 12 semanas de aulas de hot yoga. Foram três aulas por semana, cada aula com duração de pelo menos uma hora em uma sala a 40,5°C. Os outros cinco formaram um grupo de controle, eles não praticaram qualquer tipo de yoga.

No final dos três meses, a pressão arterial sistólica no grupo de yoga havia caído de uma média de 126 mmHg para 121 mmHg. A pressão diastólica média também diminuiu, de 82 mmHg para 79 mmHg. O grupo de controle, no entanto, não apresentou qualquer mudança.

Embora essa seja uma pesquisa preliminar e o tamanho de amostra muito pequeno, os pesquisadores acharam os resultados promissores.

“Para quem gosta desse modo de exercício, esse pode ser um novo meio de lidar com a hipertensão. Embora estudos maiores precisem ser concluídos antes que isso possa ser dito com certeza”, afirmou Stacy Hunter, diretora do laboratório de fisiologia cardiovascular da Texas State University, à Runner’s World US.

Mas precisa ser hot yoga para ter esses benefícios?

Hunter confirma que não é apenas a prática de yoga – ou mesmo o próprio calor – que parece diminuir a pressão sanguínea, mas a combinação desses fatores. Ao contrário de outros tipos de condicionamento físico praticados no calor, a yoga enfatiza exercícios respiratórios e flexibilidade, além de contrações isométricas. Segundo Hunter, quando esses movimentos são combinados com a exposição ao calor, suas vantagens são intensificadas.

“Cada um desses casos demonstrou reduzir a pressão sanguínea ou melhorar a função dos vasos sanguíneos”, afirmou. Os resultados de suas pesquisas provavelmente são causados ​​por todas essas variáveis ​​benéficas combinadas.

Suar em excesso queima mais calorias? 

“Mas lembre-se de que a hot yoga não é para todos”, acrescentou Hunter. O exercício em condições quentes pode aumentar o risco de doenças relacionadas ao calor para algumas pessoas. A orientação, por isso, é consultar um médico antes do exercício. Por fim, se optar pela prática, concentrando-se na hidratação adequada e respeite os limites do seu corpo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here