Jovem com paralisia termina prova com ajuda de andador

Por Redação Runner's Wolrd Brasil

Jovem com paralisia termina prova com ajuda de andador
Foto: Reprodução Instagram

Jovem com paralisia termina prova com andador. Todo ano, em Las Vegas, Estados Unidos, acontece a Las Vegas Great Santa Run. Ela reúne milhares de corredores e caminhantes em percursos de 5 quilômetros ou 1 milha (1,6km). A última edição do evento, que aconteceu no sábado (7), foi especial para Mena Hawkins, de 17 anos. A estudante da Liberty High School, que tem paralisia cerebral, completou a distância mais curta em 38 minutos e com a ajuda de um andador. 

Homem corre 42K em todos os 196 países do mundo

Dupla bate recorde mundial em cadeira de rodas

Rússia ficará de fora das Olimpíadas de Tóquio 2020

De acordo com a CNN, amigos e familiares caminharam com ela, vestidos com roupas de Papai Noel. Alguns carregavam cartazes com dizeres como “Vai Mena!”. Sua avó até veio diretamente da Inglaterra para poder assistir à conquista da neta. Mena usa uma cadeira de rodas no cotidiano, e não pode andar sem a ajuda do andador. 

Jovem com paralisia termina prova com ajuda de andador: história de Mena

Nascida nove semanas prematura, a jovem desenvolveu paralisia cerebral com um ano e quatro meses. A condição afetou principalmente suas pernas e habilidades motoras. Escrever, por exemplo, é extremamente difícil para ela. 

Mena já havia participado da prova há seis anos. E ainda estava completando o percurso quando o evento foi encerrado, obrigando as autoridades locais a abrirem a estrada para ela continuar o trajeto. “Ficamos na calçada para evitar os carros”, disse Roger Hawkins, pai de Mena, à CNN. “Eu senti como se fosse uma grande conquista”, ela afirmou. 

Este ano, a estudante prometeu que iria melhorar seu tempo. Para isso, treinou desde março. E teve que enfrentar rotas com subidas, descidas e calor extremo, além de sessões de fortalecimento na academia. 

Todo o esforço foi válido: Mena terminou os 1,6 quilômetros 42 minutos a menos do que em sua última tentativa. 

Ajuda coletiva

A adolescente não se dedicou somente ao treinamento durante o período que antecedeu a prova. Mena criou uma plataforma de doações on-line para o Opportunity Village, organização sem fins lucrativos que ajuda pessoas com deficiência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here