Mais horas dormindo, menos chances de lesões

por Elizabeth Millard

lesões na corrida
Foto: Shutterstock

Quando se trata de prevenção de lesões na corrida, existem inúmeras estratégias que podem ajudar, incluindo alongamento dinâmico, treinamento cruzado adequado e aumento gradual da distância. Agora, há outra tática importante a considerar: aumentar o número de horas dormindo.

Um estudo recente publicado no Journal of Science and Medicine in Sport analisou 95 atletas de resistência, incluindo corredores, nadadores, ciclistas e triatletas. Ao longo de um ano, os pesquisadores acompanharam queixas de saúde relacionadas a problemas cardiorrespiratórios, problemas gastrointestinais e lutas psicológicas, além de quantidade de sono, carga de treinamento e novos episódios de lesões.

Eles descobriram que o maior aumento de lesões ocorreu entre aqueles que dormiram pouco, relatando menos de sete horas de olhos fechados por noite. Também houve um aumento no risco de lesões para aqueles que relatam problemas psicológicos, embora não fosse tão alto quanto a conexão do sono.

Por outro lado, não houve associação significativa entre novas lesões para os que relataram queixas de saúde e cargas de treinamento mais altas.

Pesquisas anteriores

Isso se soma a pesquisas anteriores que conectam sono de qualidade com vantagens atléticas, de acordo com W. Chris Winter, médico proprietário da clínica de Neurologia e Medicina do Sono de Charlottesville e autor de The Sleep Solution. Ele freqüentemente trabalha com equipes esportivas e disse ao Runner’s World que há uma crescente conscientização sobre o papel do sono quando se trata de prevenção de lesões e recuperação eficaz.

“Faz muito sentido ver o sono como uma ferramenta para o desempenho atlético, já que os adultos secretam hormônio do crescimento principalmente durante o sono profundo”, disse ele, acrescentando que esse processo é central para a síntese de proteínas, recuperação muscular, função do sistema imunológico e modulação da resposta inflamatória do seu corpo.

“Seria lógico que a perda crônica de sono ou um distúrbio do sono causaria sofrimento a um atleta”, disse ele. “Eles não apenas adoecem com mais facilidade, mas levam mais tempo para se recuperar de uma lesão e podem até reduzir o tempo que podem permanecer nos esportes”.

Lesões na corrida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here