Probióticos podem reduzir riscos de dor de barriga em maratonistas

Por Danielle Zickl, da Runner's World US

probióticos melhoram a dor de barriga

Se você já correu uma maratona, sabe que tudo pode acontecer. Mesmo com treinos e dieta em dia, a vontade de vomitar e fazer cocô durante a prova ainda podem surgir.

Mas há esperança: um novo estudo publicado no European Journal of Applied Physiology descobriu que o consumo de probióticos – as “boas” bactérias que ajudam a melhorar a saúde intestinal – pode ajudar a aliviar o seu desconforto gastrointestinal. Veja o que você precisa saber.

Cocô, xixi e vômitos: saiba como lidar com o lado sujo da corrida 

Probióticos melhoram a dor de barriga?

O estudo

Quatro semanas antes de sua corrida, os cientistas pediram para analisar os sintomas gastrointestinais de 24 maratonistas durante uma corrida. Eles então fizeram um teste de corrida para determinar seu limiar de lactato e VO2 máx. Em seguida, eles receberam aleatoriamente um suplemento probiótico ou um suplemento placebo que deveriam consumir diariamente.

No dia anterior à corrida, os participantes consumiram uma dieta rica em carboidratos e pobre em fibras. Na manhã da corrida, os participantes tomaram um suplemento probiótico adicional duas horas antes do início. Os corredores também tomaram um café da manhã que consistia em 128 gramas de carboidratos, 4,4 gramas de fibra, 7 gramas de proteína, 3,5 gramas de gordura e pelo menos 500 mililitros de água.

Ao longo da prova eles consumiram géis e tomara água , o que proporcionou a cada um deles um total de cerca de 66 gramas de carboidratos e 600 mililitros de água. Essa é uma combinação que pesquisas anteriores sugerem ser boa para melhorar o desempenho dos corredores.

Resultado

No geral, os corredores que consumiram o suplemento diário probiótico relataram uma diminuição dos sintomas gastrointestinais (como náuseas, gases, inchaço e vontade de cocô, por exemplo) durante as duas últimas semanas do estudo.

Durante a maratona, o desconforto entre os que consumiram o probiótico diariamente foi menor do que naqueles que consumiram o placebo. Essa melhora foi ainda mais evidente durante os últimos nove quilômetros. Eles também foram capazes de terminar a corrida mais rápido. Talvez porque não tenham precisado diminuir a velocidade ou parar para ir ao banheiro.

Por quê?

Segundo os autores do estudo Graeme Close e Jamie Pugh, ambos do departamento de ciências do esporte e do exercício da Universidade Liverpool John Moores, há alguns possíveis motivos pelos quais os probióticos podem ajudar a aliviar o desconforto gastrointestinais em corredores.

“Temos dados não publicados sugerindo que os probióticos poderiam aumentar a absorção de carboidratos durante o exercício”, disse Pugh à Runner’s World. “E, embora não tenhamos observado diferenças em nosso estudo, outros demonstraram que os probióticos podem oferecer alguma proteção aos danos que ocorrem na parede celular intestinal durante o exercício. Além disso, está surgindo uma pesquisa que sugere que nossas bactérias intestinais desempenham um papel no estresse e na ansiedade.”

O que causa o desconforto gastrointestinal?

De acordo com Peyton Berookim, diretor do Gastroenterology Institute of Southern California, há vários motivos pelos quais os corredores podem sentir esses desconfortos.

“Quando você está realizando um exercício de alta resistência ou correndo, você está ajudando a empurrar a comida para baixo através do trato digestivo”, disse ele. “Além disso, os hormônios que são secretados quando o corpo está sob estresse resultam em níveis mais altos de cortisol. E isso também contribui para a sensação de urgência [de ir ao banheiro].”

Ainda segundo os pesquisadores, embora os sintomas sejam mais comuns durante corridas longas, a suplementação também pode ajudar aqueles que sentem desconforto nos treinos do dia a dia.

Quais são os reais benefícios do vinagre de maçã? 

Conclusão

Se você se alimenta adequadamente para uma corrida, os probióticos podem ser benéficos para aliviar sintomas gastrointestinais que você possa ter. Então, sim, probióticos melhoram a dor de barriga, nesses casos.

Para isso, evite ainda alimentos ricos em fibras e com adoçantes artificiais, pelo menos um dia antes da sua corrida. Líquidos quentes como café também podem acelerar o caminho da comida através do trato digestivo, segundo Berookim. Faça alguns testes antes e não beba mais do que você está acostumado antes da prova.

Por último, anti-inflamatórios não-hormonais também mostraram aumentar os sintomas gastrointestinais, de acordo com Berookim.

Lembre-se: converse com o seu médico antes de buscar por qualquer tipo de suplementação. Enquanto isso, procure adicionar fontes naturais de probióticos a sua dieta, como iogurte, kombuchá ou chucrute.

Probióticos: por que você deve consumir e como colocar na sua dieta 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here