Qual o tipo de tênis causa menos impacto durante a corrida?

Por Andreia Miana, colaboradora da RW Brasil

qual tênis causa menos impacto na corrida
Foto: Shutterstock

Muitos estudos científicos associam o aumento do impacto a lesões na corrida. Os vários tênis com cada vez mais amortecimento são usados com o intuito de diminuir a sobrecarga na corrida buscando reduzir os riscos de lesão. Porém o que vemos é que mesmo assim, ao longo dos últimos 50 anos, a incidência de lesões na corrida não tem diminuído. Será que esta atenção especial que damos aos tênis é tão necessária? Afinal, qual tênis causa menos impacto na corrida?

O que causa lesão: volume ou intensidade?

Qual tênis causa menos impacto na corrida?

Muitos estudos têm medido o impacto de tênis maximalistas (com grande amortecimento) e tradicionais em corredores. E contrariando o senso comum, os estudos revelam que o impacto é maior quando os corredores usam os tênis maximalistas. Uma das explicações é que os corredores confiam no maior amortecimento desses tênis e então impõem um pico de impacto maior. Eles também são menos cuidadosos do que quando estão com um tênis com menos amortecimento, com os quais eles sabem que precisam se proteger mais. O corpo humano é inteligente! É como pular de um muro alto e de um baixo. No primeiro caso vamos flexionar mais os joelhos (amortecer mais) porque sabemos que temos uma chance maior de  nos machucar.

Em contrapartida, os tênis minimalistas (com pouco ou nenhum amortecimento, muito flexíveis e leves) estão em alta. No entanto, a mudança repentina para eles pode ser desastrosa, podendo ocorrer, por exemplo, o desenvolvimento de uma canelite, fascite plantar ou mesmo um fratura por estresse, que pode ser decorrente da maior sobrecarga nos membros (maior impacto). Essa transição precisa ser gradativa e com muito fortalecimento dos músculos dos pés.

Como podem ver, esse assunto ainda vai longe na literatura científica e muitas vezes a pergunta a ser respondida em relação as lesões na corrida não necessariamente tem a ver com tênis X impacto. Por isso, se eu tivesse que dar três dicas em relação ao melhor tênis de corrida seriam essas:

  • Não vá na onda do tênis da moda ou do seu amigo. Você deve usar o tênis que você se sinta confortável e isto todos os artigos científicos concordam. Mas, se for, tente incorporar os novos tênis de maneira gradativa;
  • Se você tiver vários tênis com os quais se sinta confortável, troque de par a cada semana. Dessa forma, a sobrecarga que cada um deles vai gerando no corpo é alternada.
  • Se você já tentou vários tênis e sempre está lesionado, lembre-se que o calçado pode ser apenas uma das causas. O problema pode ser, por exemplo, um desequilíbrio biomecânico no seu joelho ou quadril ou até erros de treinamento. Desta forma, procure um profissional capacitado para uma avaliação da sua corrida.

Runfit: o que significa e como funciona o ‘retreinamento de corrida’ 

Andreia Miana Instituto VITAAndreia Miana é gestora do Laboratório de Performance do Movimento  (LPM) do Instituto Vita (@lpm.vita). Fisioterapeuta pela UNESP, aprimoramento no laboratório de biomecânica do HSS, Estados Unidos. Especialista em Ciências do Treinamento Desportivo pela UNICAMP e em Fisioterapia Desportiva pela UNESP. É mestre em Biomecânica do Movimento pela UNICAMP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here