Sinto um pequeno incômodo na coluna quando corro. Pilates pode ajudar?

Pergunte ao expert: especialistas em treinamento e saúde esclarecem algumas questões de nossos leitores

Foto: shutterstock.

Sinto um pequeno incômodo na coluna quando corro. Pilates pode ajudar?

Com certeza. O pilates alonga e fortalece o corpo, desenvolve consciência e equilíbrio corporal e melhora a coordenação motora e a mobilidade articular. Com o auxílio das molas (responsáveis pela resistência nos exercícios), de faixas e outros equipamentos, é possível trabalhar alguns gestos esportivos durante as aulas, otimizando o treino do atleta. No pós-treino, pode ajudar no alívio de dores e da fadiga muscular.

> Ana Paula Monti Oliveira, fisioterapeuta da Clínica Kennedy

Leia mais:
+ A corrida pode ajudar minha ansiedade?
+ Sou vegana. Como garantir a proteína necessária para os meus treinos?
Quando devo suplementar ou comer durante uma prova ou treino?

Intercalo corrida e caminhada em um percurso de 13 km. Só água seria suficiente?

Isso vai depender do tempo que você leva para fazer os 13 km. Em geral, para treinos de até uma hora de duração, água costuma ser suficiente. Acima disso, uma bebida esportiva com eletrólitos e carboidratos (15g a 18g por copo) seria uma boa aliada. Teste suas estratégias de nutrição e hidratação nos treinos, antes de colocá-las em prática nas provas. Durante o exercício intenso, o estômago recebe apenas 20% de fluxo sanguíneo normal e qualquer alimento pode produzir um desconforto.

> Luciana de Oliveira, nutricionista responsável da Equilíbrio & Sabor

Estou sedentário há dez anos e quero começar a correr. Por onde eu inicio?

O primeiro passo é agendar uma consulta com um médico de sua confiança, que deve solicitar exames antes de liberá-lo (ou não) para correr. O segundo passo é procurar a orientação de um profissional de educação física, ou seja, um bom treinador de corrida. Só então pense em investir em um tênis de corrida e em peças de vestuário confortáveis. E aqui vai uma dica de ouro: comece aos poucos e respeite os sinais do corpo para que você comece a correr e não pare mais!

> Rodrigo Cenzi, educador físico e diretor-técnico da academia Leven

Ouvi dizer que o jeito certo de correr é colocando a ponta do pé no chão antes do calcanhar. É correta essa informação?

Apenas 1% dos corredores de longa distância, ou seja, que fazem provas de 5, 10, 21 ou 42 km, aterrissa com o antepé. Já no caso dos velocistas, essa é a técnica mais empregada. Nesse tipo de aterrissagem (assim como no mediopé), o impacto é menor que com o calcanhar, já que os músculos do tríceps sural (panturrilha) amortecem o choque. Mas há grande sobrecarga sobre a panturrilha. Por isso, se você deseja migrar para essa técnica, deve ter o acompanhamento de um fisioterapeuta especialista em corrida e investir em treinos de força para a região e em outros específicos para o gesto motor da corrida.

> Moisés Cohen, chefe do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da Unifesp e diretor do Instituto Cohen

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here