Quer representar o Brasil em uma Copa de Corrida?

Por Redação RW Brasil

Vitality Running World Cup
Foto: Reprodução Instagram/@runningworldcup

Quem acha que as competições mundiais de corrida são só para o pessoal da elite, está muito enganado. Agora, qualquer corredor maior que 13 anos, em qualquer estado do país e com qualquer condicionamento físico, pode representar o Brasil em uma “Copa do Mundo de Corrida”. Isso porque, em breve, começará a Vitality Running World Cup, que promete ser o maior evento de participação em massa do mundo. 

Com o início no dia 5 de março, a inscrição é gratuita. Tudo o que você precisa é de um smartphone ou um dispositivo fitness inteligente, e conseguir fazer 3 quilômetros em menos de 30 minutos. 

De acordo com os organizadores do campeonato sediado no Reino Unido, o esperado é que até 1 milhão de pessoas ao redor do mundo participem. 

Mas como funcionará a Vitality Running World Cup?

A competição começará com as eliminatórias no dia 5 de março, que durarão uma semana e terminarão no dia 11. Durante esse período, corredores poderão se cadastrar no site e contabilizar seus quilômetros por lá. Cada país terá, então, pontos, calculados por meio da divisão km rodados/população do país. 

Os 16 melhores entrarão então em um torneio no estilo mata-a-mata, com a final prevista para acontecer no início de abril. Você pode acompanhar o desempenho das equipes pelo site app.runningworldcup.com ou por meio do aplicativo, disponível para aparelhos Android. 

Representantes de cada país

Cada equipe terá um capitão. A Jamaica, por exemplo, conta com ninguém menos que Usain Bolt para animar a galera. Já o Brasil teve o seu anunciado hoje (20), pela manhã. É Geison Rodrigues (@geison_rodrigues_corredor), um pernambucano de 39 anos.

Geison começou a se interessar pela corrida após sofrer um grave acidente de moto em 2006. Na época, ele fraturou a bacia e o fêmur. Teve que passar por três cirurgias, além de colocar uma placa com 12 parafusos na perna e, durante três anos, andar de cadeira de rodas e de muletas. 

Foram anos sem praticar nenhum esporte até sua primeira prova, em 2011. Ele caminhou por dois quilômetros, mas saiu de lá com um objetivo: correr seus primeiros 5K. Desde então, não parou mais, e já soma 28 pódios! Além de ser um dos representantes da Vitality Running World Cup, ele disputará as maratonas de Santiago, no Chile, e Chicago. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here