Correr ajuda o cérebro a evitar o estresse crônico

Estudo novo descobriu que mais benefícios da corrida para o cérebro

Crédito: Jacob Lund/Shutterstock

Além de evitar o estresse, o exercício protege a memória e as funções de aprendizagem; entenda

Há tempos nós sabemos que praticar atividade física ajuda a lidar e diminuir o estresse e outras condições como a depressão. Mas um estudo novo da Brigham Young University descobriu mais. Além de atenuar os impactos do estresse crônico, a corrida também é capaz de proteger e deixar a memória mais eficiente.

Publicada no periódico Neurobiology of Learning and Memory, a pesquisa avaliou os efeitos da corrida no hipocampo. Essa é a parte do cérebro que é responsável pela aprendizagem e pela memória.

Nela, acontece a formação e a recuperação da memória. É quando as sinapses ou conexões entre os neurônios são fortalecidas ao longo do tempo. E o estresse crônico ou prolongado enfraquece essas sinapses e afeta a memória. Mas a boa notícia é que a corrida não permite que isso aconteça.

Corrida x Memória 

O experimento que chegou a essa conclusão foi feito com dois grupos de camundongos. Um usou rodas de corrida ao longo de um período de 4 semanas (média de 5 km por dia). O outro conjunto de ratos foi deixado sedentário.

Metade de cada grupo foi exposto a situações que induziam o estresse, como caminhar em uma plataforma elevada ou nadar em água fria. Uma hora depois, eles perceberam que os ratos que se exercitaram tiveram menos alterações por causa do estresse do que os ratos estressados que não correram.

As observações também apontaram que os camundongos estressados que se exercitavam se saíram tão bem nos testes de memória quanto os ratos não estressados que também se exercitaram.

Além disso, os ratos que fizeram exercícios cometeram menos erros de memória do que os ratos sedentários. Ou seja, ainda que você não esteja sob estresse, exercícios físicos como a corrida vão ajudar a melhorar a sua memória.

“Claro, nem sempre podemos controlar o estresse em nossas vidas, mas podemos controlar o quanto nos exercitamos. É empoderador saber que podemos combater os impactos negativos do estresse em nossos cérebros apenas saindo de casa e correndo”, revelou o autor principal do estudo, Jeff Edwards.

Mais benefícios da corrida

+ Correr para relaxar e combater a ansiedade
+ Corrida-terapia e as vantagens para a mente