Como correr bem em dias com vento?

Por Redação Runner’s World UK

Como correr bem em dias com vento
Foto: Shutterstock

Fala-se de treinos e hidratação para os dias mais quentes e dicas de roupas para os dias mais frios. Mas como correr bem com vento? Algumas dicas podem te ajudar a manter o ritmo – e a performance – quando as condições são um pouco mais rígidas.

Como correr bem com vento?

Correr em grupo pode ser útil se todos toparem formar grupos que se revezam ficando hora na frente (para formar uma barreira), hora atrás. Agora, se você estiver em uma corrida individual, de ida e volta em um plano relativamente reto, a dica é mudar de direção com mais frequência. Ou seja, se você for correr por uma hora seguida, em vez de voltar quando completar meia hora, vale dividir seu tempo em seções de 15 min. 

Se você estiver fazendo uma sessão intervalada, não se preocupe muito com os esses blocos de tempo. Concentre-se mais no esforço. “Para manter o foco em um treino com muito vento, eu uso a primeira repetição como um marcador para ver o que é mais realista para mim nessas condições. Em seguida, tento manter as outras repetições iguais. Contudo, sempre faço a última um pouco mais forte”, diz Jo Pavey, corredora britânica de longa distância e medalhista mundial. Se as condições realmente estiverem ruins, você pode fazer um treino sem medições, com esforços rápidos de 3 a 5 minutos. 

Qual deve ser o tempo de recuperação nos treinos intervalados?

Se você deseja trabalhar a velocidade e reduzir o impacto do vento, modifique o treino para limitar o tempo gasto correndo contra ele. “Sinto que me beneficio do aumento da velocidade com uma reta corrida na direção do vento e na seguinte contra ele”, afirma a atleta. Correr contra o vento é uma forma de resistência, e pode ajudar a aumentar a sua.

Treino para dias com vento

Esta é uma adaptação de uma sessão de 4×800 m, 5×400 m, 4×200 m. Ela permite remover uma seção de 100 m com muito vento das repetições de 800 m e 400 m. Você pode correr pelo meio do campo interno para iniciar as repetições de 200 m a partir do mesmo ponto, evitando o trecho com mais vento.

  • 4×700 m (recuperação de 3 minutos);
  • 5 minutos de descanso;
  • 5×300 m (recuperação de 90s);
  • 5 minutos de descanso;
  • 4×200 m (com trote no meio para recuperação).

Por que treinos intervalados são fundamentais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here