Corredor toma dois tiros e termina corrida quatro dias depois

Norte-americano foi surpreendido por assaltante em treino, mas não desistiu da Spartan Race do fim de semana

Imagem cedida pela Spartan Race

Por McGee Nall

O corredor norte-americano James Rathbun saiu logo pela manhã do dia 22 de agosto de sua casa em uma pequena cidade do Texas para mais um treino de rotina. Depois de algumas voltas, com um copo de café na mão e fones no ouvido, ele cruzou por um homem na calçada. “Bom dia”, disse James, e o sujeito fez uma pergunta inaudível.

Leia mais:

+ 4 benefícios do café para corredores
+ Silencie pensamentos negativos e mantenha a motivação

Pensando que o homem havia pedido por um gole d’água, James respondeu que tinha apenas o copo de café, quando tomou um tapa na cara. Foi aí que o corredor tirou os fones de ouvido e percebeu que o rapaz era um assaltante e estava na verdade exigindo sua carteira – artigo que nunca levava durante seu treino.

A demanda se tornou uma disputa, e James acabou jogando o café quente contra o suspeito, que revidou atirando duas vezes contra o corredor. O assaltante fugiu, e o atleta ligou para emergência enquanto se arrastava para casa, onde pediu ajuda para a mulher.

“Ela pegou uma toalha e me deu, mas ficou desesperada correndo por aí”, conta James, rindo. “Eu pensei ‘bem, deixa que eu mesmo aplico pressão na minha ferida então’”.

Imagem cedida por James Rathbun

Depois que os médicos chegaram e levaram-no para o hospital, foi que o corredor descobriu que tinha sido alvejado duas vezes. Uma das balas atravessou o ombro e saiu pelas costas, enquanto a outra parou no colete que usa em seu treinamento.

Apenas quatro dias depois, enfaixado e dolorido, James Rathbun correu a Spartan Beast Race, em Colorado, prova com obstáculos para a qual estava dedicando seus últimos treinos. Completou a corrida em 4h06min, e já planeja a próxima em outubro, na cidade de Dallas, no Texas.  Sua recuperação está indo bem, mas o criminoso continua foragido.

COMPARTILHAR