Síndrome de Burnout pode prejudicar hábitos saudáveis

Por Elizabeth Millard, da Runner's World US

Foto: Shutterstock

Seu local de trabalho provavelmente oferece alguns benefícios para você, como programas de bem-estar ou descontos em academia. Isso é ótimo, mas se você estiver se sentindo sobrecarregado, nenhum desses benefícios vão resultar em qualidade de vida, como sugere um novo estudo. A Síndrome de Burnout pode prejudicar hábitos saudáveis.

Síndrome de Burnout e qualidade de vida

Para avaliar a relação entre a carga de trabalho, a exaustão e os principais comportamentos de saúde, os pesquisadores da University of Georgia’s College of Public Health, na Georgia, recrutaram 953 adultos que estavam empregados. Eles foram questionados sobre a quantidade de trabalho que era esperado que concluíssem e a que velocidade. Eles também responderam se concordavam com declarações como: “Depois do trabalho, geralmente, me sinto desgastado e cansado”.

Comportamentos alimentares também foram relatados pelos participantes. Para isso, eles utilizaram um questionário que mede a alimentação emocional e a porcentagem de calorias provenientes de gordura. Eles também relataram a frequência e intensidade de atividade física.

Os pesquisadores descobriram que a carga de trabalho e o cansaço estavam ligados a uma alimentação emocional, uma alimentação descontrolada e uma porcentagem maior de calorias provenientes de alimentos gordurosos. Além disso, não surpreendentemente, mais exaustão estava ligada a níveis mais baixos de atividade física.

Beber 25 xícaras de café por dia é realmente seguro? 

“Nossos resultados sugerem que quando uma pessoa tem uma alta carga de trabalho, ela não tem energia suficiente para tomar decisões sobre comprar, preparar e comer alimentos saudáveis”, disse a autora principal do estudo, Heather Padilla. “Fast food e alimentos de conveniência estão ao nosso redor e são de fácil acesso. Eles também são ricos em gordura e muitas vezes sem muitos dos nutrientes que precisamos.”

Musculação reduz sintomas de ansiedade e depressão 

Síndrome de Burnout

Embora muitas empresas estejam oferecendo benefícios de bem-estar aos seus funcionários, os desafios de peso e inatividade persistem. “E o burnout pode ser um grande fator que não está sendo abordado o suficiente”, acrescentou Padilla.

É importante reconhecer os estágios iniciais da Síndrome de Burnout – ou esgotamento profissional – antes que ele se torne realmente um problema, de acordo com Jephtha Tausig-Edwards, psicólogo clínico de Nova York.

Ela observa que os sintomas podem incluir: um baixo sentimento de realização pessoal, dificuldade para terminar tarefas, uso do tempo livre para trabalhar mais, dor crônica de baixo nível – como dores de cabeça tensionadas e músculos tensos – e irritabilidade.

Nesse momento é preciso começar a implementar algumas estratégias. Para começar, reserve algum tempo para correr ou ir à academia. Também mantenha uma hora de dormir consistente (se possível cedo). Tente ainda aumentar os seus intervalos durante o dia. Saia, beba um pouco de água e respire fundo. E, caso não consiga controlar esse estresse sozinho, busque por um profissional.

Hábito multitarefa pode estar ligado ao ganho de peso, diz pesquisa 

Seu chefe pode ficar um pouco surpreso com a sua mudança, mas seu corpo e seu cérebro vão agradecer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here