Sofro de insônia. A corrida pode me ajudar a dormir melhor?

Pergunte ao expert: especialistas em treinamento e saúde esclarecem algumas questões de nossos leitores

Foto: shutterstock.
Sofro de insônia. A corrida pode me ajudar a dormir melhor?

O exercício físico regular é, comprovadamente, um aliado do sono reparador. Em atividades aeróbicas como a corrida acontecem ajustes metabólicos que melhoram todas as funções corporais. Entre elas, podemos destacar a perda de gordura corporal e a abertura das vias aéreas. Aqueles que sofrem de insônia devem respeitar um período de seis horas entre o exercício e a hora de dormir. Ou seja, o ideal é priorizar treinos no período da manhã ou da tarde.

> Diego Leite de Barros, fisiologista do esporte do Hospital do Coração

Corro quatro vezes por semana. Posso fazer um dos treinos em escada?

Se você corre com algum objetivo em especial, como uma meia maratona ou maratona, treinar na escada pode não ser interessante por perder a especificidade. Se você se prepara para distâncias menores, como os 10 km, ou corre por prazer da corrida, treinar na escada pode ser uma alternativa para melhorar a força e VO2 máx., evitando o estresse mecânico e metabólico de uma quarta sessão de corrida.

> Marcos Paulo Reis, diretor-técnico da assessoria esportiva MPR e colunista da Runner’s World

Leia mais:

Como deixar o longão menos monótono?
Corro 5 km três vezes por semana. Em que dias devo me alongar?

Vale mesmo a pena usar meias de compressão na corrida?

O tema é polêmico, mas acredito que elas podem reduzir a fadiga ao melhorar a economia de corrida. Como essas meias comprimem e massageiam os músculos, podem também atenuar eventuais dores musculares. No pós-prova, temos como benefício a melhora no retorno venoso (a volta do sangue ao coração) e a redução de possíveis danos musculares e inflamações. Um estudo interessante demonstra que o uso de meias de compressão por 48 horas após o exercício exaustivo ajuda na recuperação. Isso significa atletas com rendimento melhor no treino seguinte.

> Rodrigo Cenzi, diretor-técnico e educador físico da academia Leven

Tomar cerveja pode afetar meu rendimento nos treinos?

Sim, já que bebidas alcoólicas causam desidratação. Quando o álcool entra no nosso organismo, o corpo entende que ele é uma toxina e começa a trabalhar para eliminá-lo. E, com o álcool, vão embora também água e sais minerais, indispensáveis para a atividade física e a recuperação pós-treino. Melhores opções para quem corre seriam água, água de coco e bebidas esportivas.

> Natália de Oliveira, nutricionista especialista em nutrição esportiva pela USP

Estou começando a correr e às vezes sinto dor no osso da canela. O que isso pode ser? E o que eu faço para melhorar a dor?

Provavelmente, trata-se de uma canelite, uma lesão comum no corredor devido ao impacto e que pode ter surgido por uma sobrecarga de treino nesse seu início no esporte. O ideal seria evitar o impacto por um período e, para não perder o condicionamento já adquirido, investir em atividades como ciclismo e aparelho elíptico (transport) nessa fase. O tratamento normalmente é feito com analgésicos e fisioterapia.

> Marcio Tannure, ortopedista membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here