Por que você precisa fazer prancha lateral

Por Brett Williams, da Men's Health US

prancha lateral
Foto: Shutterstock

Desenvolver um core forte e estável para melhorar as suas corridas significa que você deve trabalhar ele por completo, inclusive os oblíquos. Por isso, é fundamental ir além das pranchas tradicionais e apostas na prancha lateral.

“Tenha em mente que quando falamos de sobre estabilidade o core, diz respeito a estabilização da sua rotação, para não haver giros, torções ou quedas para o lado (colapso para o lado)”, explica a treinadora Charlee Atkins. “Esse colapso para o lado também é conhecido como “flexão antilateral” e inclui movimentos que são conhecidos como exercícios oblíquos.”

Quando você trabalha o seus oblíquos, tem um exercícios que você deve priorizar, segundo a treinadora. “o ponto de partida para qualquer treino de oblíquos deve ser a prancha lateral“, afirma Atkins. “E se você não consegue manter o apoio nos pés, facilite um pouco e mantenha o apoio nos joelhos. Por que isso é importante? Nosso core deve limitar a movimentação do tronco para os lados.”

3 exercícios simples e potentes para o abdômen 

Ganhe condicionamento com este treino Tabata 

Prancha lateral para os oblíquos

Quando estiver na posição de prancha, tenha certeza de manter o essencial do movimento em mente. Mantenha a cabeça em uma posição neutra, a coluna reta. Contraia os glúteos e do core para manter os músculos ativos durante todo o movimento.

Tente manter a posição por 30 segundos de cada lado por 3 a 5 séries. Depois volte a posição da prancha em quatro apoios e fique por um minuto. Se você começar com os joelhos dobrados, estique as pernas conforme for ficando mais fácil manter a postura por 30 segundos.

Saiba quanto tempo você precisa ficar na posição de prancha para ver os resultados

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here